Alba Iulia

Uma das cidades mais a oeste na região, Alba Iulia é bem tradicional e de tamanho moderado, e é importante por estar na rota entre Budapeste e a Transilvânia. Criada na época romana, como um antigo posto avançado em terras bárbaras, ainda possui resquicios de sua origem, como ruas pavimentadas, esgotos e aquedutos.

A cidade se destaca pela presença de uma antiga e pequena biblioteca de volumes obscuros (dizem que ela bibliotaca continha um livro descrevendo a última morada do falecido antidiluviano Tzimisce), controlada por gerações de curadores zelosos. Ela serve também como morada para um antigo e enigmático cainita conhecido apenas como T, embora ele esteja desaparecido atualmente.

Uma necropole erguida na período de ocupação romana é dita ter uma série de catacumbas que se conectam com os esgotos da cidade, e que uma vez já foi um grande local de estudo dos antigos Capadócios. Atualmente, com o crescimento da cidade, a necropole foi incorporada.

O castelo dos Basarab, um familia de boyars (nobres da região) localiza-se nas proximidades da cidade. Considerada aliada dos Tzimisces, tem causado vários tipos de problemas para a cidade desde o início da revolução anarquica.

Cainitas locais

  • T : o mais antigo cainita da cidade e antigo príncipe. Desaparecido desde 1476.
  • Content Not Found: Yuri_Vorash: atual principe, nomeado por T antes de sua partida. Pouco se sabe sobre ele e sua origem.
  • Iosif: regente de uma das poucas capelas Tremere da região, localizada sob uma loja de tapetes na cidade.
  • Victor: nosferatu que vive nos esgotos da cidade.
  • Dragomir Basarab: chefe da familia Basarab e anarquista assumido.

Alba Iulia

Transylvania Chronicles Piercio